Tecnologias focadas na nutrição do solo ganham destaque na Hortitec

Imagem relacionada

Será apresentada durante a Hortitec, exposição técnica de horticultura, que ocorre entre os dias 20 e 22 de junho, em Holambra (SP), a Linha Solo desenvolvida pela Alltech Crop Science, que tem como objetivo melhorar as condições para o desenvolvimento da planta desde o plantio. De acordo com o engenheiro agrônomo e diretor comercial da Alltech Crop Science, Ney Ibrahim, a biotecnologia utilizada nesses produtos vem para tornar os cultivos mais racionais e sustentáveis, além de incrementar a produtividade e qualidade dos cultivos. “Atualmente, o uso desse tipo de tecnologia no campo tem apresentado um crescimento de cerca de 20%”, aponta.

O Soil-Plex Active, um dos produtos da linha, teve sua eficácia comprovada por diversos trabalhos de campo, entre eles um realizado em São Gotardo (MG) recentemente, que comparou áreas com e sem a aplicação da solução. Ele mostrou que, com o uso do produto, uma área de cenouras conseguiu alcançar 24% a mais de cenouras 3A – a preferida dos consumidores – ao mesmo tempo que houve redução de 6% de cenoura com má formação (padrão descarte). A produtividade também ganhou destaque: foram produzidas 60 caixas de 29 quilos do vegetal a mais, o que equivale a aproximadamente 1,74 tonelada.

De acordo com Ibrahim, as soluções da Linha Solo promovem maior estímulo natural e espontâneo ao desenvolvimento radicular, disponibilizam macro e micronutrientes, colaboram na redução de estresses ambientais, além de favorecerem o desenvolvimento uniforme e equilibrado dessas plantas. “Dessa forma o equilíbrio biológico é reestabelecido, estimulando também os micro-organismos que trabalham em simbiose com a planta, tornando possível alcançar melhores resultados em qualidade e produtividade”, complementa.

Algumas culturas fazem o uso muito intensivo do solo — base de toda a produtividade de uma plantação. Em hortifrúti, por exemplo, produtores costumam colher entre três e quatro safras ao longo do ano, fazendo com que os cuidados com o ambiente em que a cultura está inserida sejam fundamentais para o desenvolvimento correto dela. “O solo é o maior patrimônio de um produtor, dar melhor qualidade a ele auxilia no crescimento uniforme e produtivo dos cultivos”, explica.

Participação na feira

Para Ibrahim, poder participar da Hortitec apresentando a solução natural é uma oportunidade. “Nossos esforços e atenções à feira são muito grandes, visto que se trata de um evento de relacionamento. Lá, os produtores vão buscar informações, conhecimento, estar mais próximos das empresas que os auxiliam”, conta. Os produtores que estiverem presentes na ocasião poderão conhecer mais resultados dessa linha, compartilhar novidades e expectativas para a próxima safra e ainda participar de um momento de descontração ao assistir ao jogo do Brasil contra a Costa Rica, na sexta-feira, dia 22, às 9h no stand da Alltech, com direito à degustação de Kentucky Ale, a cerveja da Alltech.

Anúncios

Horticultores do Brasil e do Exterior se preparam para a edição que marcará os 25 anos da HORTITEC

Resultado de imagem para hortitec 2018

Mais importante evento de HF da  América Latina, mostra vai reunir 420 empresas expositoras que apresentarão aos produtores de frutas, flores e hortaliças soluções capazes de reduzir o custo de produção e aumentar a produtividade e a qualidade dos produtos. 

Conhecer as novidades em produtos, serviços, ferramentas, maquinários e equipamentos. Saber mais sobre novas tecnologias e formas de cultivo de flores, frutas, hortaliças e florestais. Buscar soluções para economizar água ou energia e aumentar a produtividade e a qualidade na produção. São inúmeros os motivos que levam produtores e demais profissionais da cadeia da horticultura a visitar a 25ª HORTITEC – Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas, a mais importante feira de negócios do setor de HF da América Latina. A edição comemorativa dos 25 anos do evento acontece de 20 a 22 de junho, no Parque da Expoflora, em Holambra (SP).

A edição 2018 vai ocupar 30 mil metros quadrados de área e reunirá 420 empresas expositoras, com expectativa de receber 30 mil visitantes. A HORTITEC tem com profissionalismo dos visitantes como principal diferencial, visto que é realizada essencialmente para produtores rurais e demais profissionais da cadeia de horticultura. Isso promove um grande encontro de negócios, o qual deve movimentar este ano cerca de R$ 100 milhões, a exemplo do que aconteceu em 2017.

A 25ª HORTITEC apresentará novas tecnologias para o setor de produção agrícola, que tem peso fundamental no desenvolvimento da economia do País e atinge em larga escala grande parte da população, pois desenvolve novos alimentos e cria tendências que em breve poderão estar na mesa dos brasileiros. Modernização, atualização profissional e economia de recursos naturais como água e energia, também terão destaque durante a feira, pois aumentam a produtividade e a qualidade dos produtos, além de novidades em diferentes formatos e cores de legumes que encantam os olhos do consumidor final.

Além de apresentar as novidades do setor, paralelamente ao evento acontecem cursos com temáticas que visam agregar valor ao dia a dia do produtor.  No dia 21 de junho, das 9h às 12h, o Engenheiro Agrônomo Luiz Geraldo Santos, da Ensistec Agricultura Orgânica, irá discorrer sobre “Manejo Biológico de Pragas e Doenças na Produção de Tomate”.

Já no dia 22, também das 9h às 12h, o tema “Os desafios da Gestão e Marketing no segmento de Hortifruti” será abordado pelo Prof. Moacir M. Junior, Caio Alcoléa e Thiago Men, todas da NGS Brasil Consultoria. Ambos os cursos têm vagas limitadas e custam R$ 150. A programação completa e informações para inscrição prévia estão disponíveis no site do evento hortitec.com.br  e também na Flortec, pelo telefone (19) 3802-2234.

 

HORTITEC 2018 em números

Total de Expositores: 420 empresas

Área total da Exposição: 30 mil m²

Estimativa de Negócios: R$ 100  milhões

Estimativa de Visitação:  30 mil profissionais

 

Serviço

25ª HORTITEC

Data: de 20 a 22 de junho de 2018

Local: Parque da Expoflora – Rua Maurício de Nassau, 675,  Holambra (SP).

Horário: Dias 20 e 21 das 9h às 19h e dia 22 das 9h às 17h.

Ingressos: R$ 36,00 (inteira) e R$  18,00 (meia-entrada para estudantes)

Informações adicionais: no site hortitec.com.br ou pelo telefone (19) 3802-4196.

 

Maior exposição do setor Hortifrutícola da América Latina é sucesso de público

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Gabriel Gomes

A 24ª edição da Hortitec- Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas – alcançou as expectativas em número de participantes e de expositores. A maior e mais importante mostra de horticultura da América Latina contabilizou a participação de 29.876 visitantes e de 420 empresas expositoras do Brasil e do exterior. A edição 2017 aconteceu de 21 a 23 de junho, no Parque da Expoflora, em Holambra (SP).

Segundo o diretor da RBB e coordenador da Hortitec, Renato Opitz, o diferencial esteve, mais uma vez, na qualidade técnica do público visitante. E isso se dá porque grande parte dos convites é distribuída pelos próprios expositores aos seus atuais e potenciais clientes, o que acaba por fomentar os negócios do setor. Como prioritariamente visita o evento quem tem real interesse em produzir flores, frutas, hortaliças, florestais e demais culturas intensivas, a Hortitec consagrou-se passagem obrigatória para produtores e profissionais interessados em conhecer tecnologias, inovações, lançamentos e tendências do mercado, trocar experiências, fazer e programar negócios a curto, médio e longo prazos.

“Trabalhamos com a expectativa de a Hortitec gerar negócios da ordem de R$ 100 milhões, e estamos seguros de que este volume poderá até mesmo ser superado neste período pós-evento, considerando o feedback dos expositores”, avalia Renato Opitz.

Com um público tão expressivo, a edição 2017 ratificou a vocação da Hortitec de exposição internacional, reconhecida e frequentada por profissionais e empresas de várias partes do mundo, bem como dos quatro cantos do Brasil.

A 25ª edição, que comemorará o jubileu de prata da Hortitec, já tem data e lugar: vai acontecer de 20 a 22 de junho de 2018, também no Parque da Expoflora, à Avenida Maurício de Nassau, 675, em Holambra SP.

 

Para fotos e informações adicionais, consulte o site www.hortitec.com.br

Hortitec 2017: sensor facilita o manejo da água de irrigação em cultivos de hortaliças

Paula Rodrigues -

O funcionamento do sensor de irrigação Irrigas® será demonstrado ao público da 24ª Hortitec pelos técnicos da Embrapa Hortaliças. Esse equipamento foi desenvolvido para auxiliar o agricultor no manejo diário da água de irrigação e pode ser utilizado para diferentes espécies de hortaliças, em diversos tipos de solos e sistemas de irrigação.

O sensor funciona como um sistema gasoso de controle de irrigação baseado em uma cápsula porosa conectada por um tubo de plástico flexível a uma cuba transparente de leitura. “A instalação do sensor é simples e pode ser feita pelo próprio agricultor. As leituras são fáceis e indicam com rapidez se há ou não necessidade de irrigar o solo”, assinala Lenita Haber, analista de Transferência de Tecnologia.

Os sensores devem ser instalados em três locais distintos de uma unidade de irrigação ou em cinco locais, em caso de área heterogênea quanto à textura do solo. Em cada ponto, eles devem ser fixados em duas profundidades: um na metade do comprimento das raízes e outro logo abaixo do sistema radicular.

O equipamento funciona a partir do equilíbrio entre a água e o ar presente no solo e na cápsula porosa. O mecanismo é simples: se houver passagem de ar pela cápsula localizada na metade do comprimento das raízes, é sinal que o solo está seco e há necessidade de irrigar. Por outro lado, se a cápsula disposta logo abaixo das raízes estiver preenchida por água, o agricultor irrigou em excesso e, além de água, ele está desperdiçando nutrientes.

“A leitura do sensor deve ser realizada diariamente, preferencialmente pela manhã. Em condição ambiental que requer mais de uma irrigação por dia, como clima quente e seco ou solo de textura grossa, recomenda-se fazer uma segunda leitura no início da tarde”, esclarece Lenita. O sensor Irrigas® foi patenteado pela Embrapa e está licenciado para comercialização pela empresa Hidrosense – http://www.hidrosense.com.br.

Irrigação na hora e na medida certa

Em tempos de crises hídricas frequentes, o produtor rural deve optar por sistemas de irrigação mais eficientes e atentar para o manejo adequado de irrigação. “O uso racional da água de irrigação é imprescindível para evitar o desperdício desse insumo nas áreas de produção agrícola”, ressalta o agrônomo Marcos Braga, pesquisador da Embrapa Hortaliças e especialista em Irrigação e Drenagem.

O manejo correto é indispensável para o uso racional da água porque, ainda que se tenha um bom sistema, se o produtor não souber dimensionar a quantidade de água, o sistema não vai atingir seu potencial de economia. “A água de irrigação representa uma fatia pequena no custo de produção, quando comparada à adubação, mão de obra e outros gastos. Por isso, na maioria dos casos, o erro é sempre por irrigar em excesso”, contextualiza Braga ao enfatizar que, além do desperdício, uma quantidade exagerada de água pode ser mais prejudicial que benéfica, visto que desconsidera a demanda hídrica de cada cultura para se manter em uma situação de conforto.

“Em regiões com solos bem argilosos, o excesso de água pode encharcar e comprometer a absorção dos nutrientes. As raízes das plantas devem respirar para captar água e nutrientes”, aponta. A irrigação em excesso também favorece a incidência de doenças e compromete o desenvolvimento porque pode causar a lixiviação de adubos e, com menor aporte de nutrientes, a planta fica menos vigorosa e mais suscetível aos microrganismos nocivos. Por isso, o uso de sensores como o Irrigas® são aconselháveis para garantir melhor desenvolvimento das plantas e menor desperdício de água.

Serviço

24ª Hortitec – Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas

Quando: 21 a 23 de junho – das 9h às 19h

Onde: Recinto da Expoflora (Al. Maurício de Nassau, 675 – Holambra/SP)

Paula Rodrigues (MTB 61.403/SP)
Embrapa Hortaliças

Telefone: (61) 3385.9109

Netafim apresenta novidades de tecnologias de irrigação inteligente para vegetais durante Hortitec 2017

Resultado de imagem para hortitec 2017

A israelense Netafim, empresa pioneira e líder mundial em soluções de irrigação por gotejamento, estará presente na 24ª Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivos (Hortitec). O evento é realizado entre os dias 21 e 23 de junho, na cidade de Holambra, interior de São Paulo. O objetivo da companhia é apresentar tecnologias inovadoras e sustentáveis que a consolidem como melhor empresa de produtos no segmento de vegetais.

A presença da israelense na feira será pautada por três lançamentos. O novo gotejador Typhon Plus é indicado para regiões que tenham águas com alto teor de sais minerais ou matéria orgânica. “O tubo não autocompensado tem paredes mais finas e maior robustez. Este produto é indicado para o agricultor que utiliza o sistema em média de três a oito safras”, esclarece Carlos Sanches, Diretor de Marketing Mercosur.

O novo aspersor D-Net 9575 tem como diferencial de mercado o braço difusor 3D, que garante uma distribuição de água uniforme. Com isso, a Netafim contribui para o uso eficiente da água na produção rural. “O produto é indicado para aplicações em área total em várias vazões e contém uma ampla linha de acessórios que completam o manejo”, completa o Diretor.

A Netafim leva ao evento uma novidade para o mercado de filtros. Para proteger o sistema de irrigação das partículas sólidas na água agora o produtor pode contar agora com a linha de produtos de filtros da Netafim. Com ampla área de filtração, o lançamento levará tranquilidade ao agricultor no que diz respeito à proteção dos gotejadores.

Líder em irrigação, a israelense leva ao evento seu portfólio completo de produtos. Um dos destaques é a linha de tubos flexíveis FlexNet. Os tubos que contam com saídas para gotejadores e aspersores possibilitam o tráfego de máquinas sobre o sistema. Leves e duráveis, os tubos são fáceis e seguros de instalar. “Por conta de sua resistência, o tráfego de máquinas sobre as tubulações não compromete o desempenho do produto, garantindo uma irrigação de qualidade e sem riscos de vazamentos”, esclarece Sanches.

O estande da Netafim contará com técnicos especialistas para esclarecer todas as dúvidas dos produtores presentes. “A Hortitec será mais uma oportunidade de mercado e de contato com os agricultores. Levaremos condições especiais para a aquisição dos nossos produtos e estamos sempre ao lado do produtor para entender e atender as demandas do agronegócio brasileiro de maneira eficaz”, finaliza o Diretor.

Para os interessados em participar do evento mais informações podem ser obtidas pelo website: http://hortitec.com.br/site/.

Sobre a Netafim

Fundada há mais de 50 anos e com cerca de 30 subsidiárias em todo o mundo, a Netafim oferece as melhores soluções aos agricultores de mais de 110 países por meio 15 unidades produtivas, milhares de distribuidores e mais de 4.000 funcionários. No Brasil são três unidades: Campinas/SP, Ribeirão Preto/SP e em Cabo de Santo Agostinho/PE. O portfólio de produtos inclui sistemas completos de irrigação por gotejamento, microaspersão, controle e monitoramento automatizados, dentre outras.