É tempo de irrigar com consciência: Fenicafé 2018 chama a atenção para o uso consciente da água

Resultado de imagem para fenicafé 2018

A Fenicafé – Feira Nacional de Irrigação em Cafeicultura, tradicional evento da cafeicultura e irrigação, aborda em 2018 temas relacionados ao uso consciente da água. Realizada em Araguari (MG), entre os dias 13 a 15 de março, a edição deste ano promete novidades para o setor cafeeiro.

Paralelo à Fenicafé acontecerá, o XXIII Simpósio Brasileiro de Pesquisa em Cafeicultura Irrigada e XX Feira de Irrigação em Café do Brasil, que tem por objetivo a discussão e a divulgação de técnicas e pesquisas relacionadas à cafeicultura irrigada. Estes eventos são tradicionais e têm grande participação de técnicos, produtores, estudantes, autoridades, fabricantes e revendedores de equipamentos e demais interessados no tema.

Para os três dias de evento são esperadas pessoas vindas de Sul Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso, Paraná, Espírito Santo, Bahia, Goiás, e outras regiões cafeeiras.

 

Água consciente

Para 2018, a Associação dos Cafeicultores de Araguari (ACA), defende o tema: “É tempo de irrigar com consciência”.

Maria Cecília de Araújo, superintendente da ACA e Coordenadora da Fenicafé, explica: que as plantas sofrem muito com a escassez de água. E, em tempos de uso racional de água, cabe à pergunta seria justo irrigá-las?

Os engenheiros agrônomos e pesquisadores da área são categóricos em dizer que a água usada na irrigação volta para o ciclo hidrológico natural, ajudando a formar chuvas e contribuindo com o fluxo do lençol freático.

Quando irrigada, a planta inicia o processo de evapotransipiração: depois de absorver os nutrientes do solo úmido, ela devolve a água, em forma de vapor para a atmosfera. Isso faz com que o volume de água usado na irrigação, não provoque uma escassez tão rápida.

 

O Triângulo Mineiro

Araguari faz parte da região do Cerrado, uma região onde se produz um dos melhores cafés nacional. É considerada a 23ª cidade do Estado de Minas Gerais e a 3ª cidade do Triângulo.

Já a Fenicafé é realizada no município há mais de duas décadas, comprovando a importância de Araguari em relação à inovação e informação para atividades agrícolas, em especial o café. “A colheita de café se inicia em abril e maio, portanto, março se caracteriza como a melhor época para os cafeicultores fazerem os negócios. É hora de plantar o maior investimento do ano; o investimento em conhecimento”, garante Maria Cecília ao falar sobre a Fenicafé.

“No restante do país, o café é cultivado geralmente a seco em terreiros ao sol, já Araguari possui um clima bem definido (verão úmido e inverno ameno e seco), o que facilita o uso de vários sistemas de irrigação. Por isso, o município se torna referência em irrigação e em qualidade de café”, afirma Maria Cecília.

 

O que esperar

Em 2018, Fenicafé irá abordar assuntos de grande importância para a agricultura e cafeicultura mundial, como uso consciente da água, além de palestras sobre fertirrigação, gotejamento, nutrição, pragas, produção e colheita.

Novidades

Entre as novidades que estão sendo preparadas, estão as mais novas técnicas em café irrigado e manejo correto da água (fertirrigação), discussão a respeito da formação do café, panorama do cenário climático no Brasil, uso racional de fertilizantes na cafeicultura, entre outros.

As empresas expositoras são do ramo de insumos, defensivos, colhedeiras, adubação, implementos e vários outros, desde o plantio até a colheita.

Como em todas as edições, a feira será instalada nas dependências do Pica Pau Country Clube, em uma área de cerca de 5 mil metros quadrados, separadas em locais para exposição de produtos e serviços e sala de palestras. O evento como um todo gera cerca de mil empregos diretos e indiretos, alavancando assim a economia do município.

A rede hoteleira da região de Araguari também sente o reflexo da Fenicafé. Em todos os anos, praticamente 100% dos leitos dos hotéis da cidade são reservados para os dias do evento.

Anúncios

Interessados já podem se inscrever no Simpósio Brasileiro de Pesquisa em Cafeicultura Irrigada

Resultado de imagem para fenicafé 2018

O Simpósio faz parte da programação da Feira Nacional de Irrigação em Cafeicultura – Fenicafé, que acontece de 13 a 15 de março em Araguari no Triangulo Mineiro

Já estão abertas, no site da Fenicafé, as inscrições para a 20ª Edição do Simpósio Brasileiro de Pesquisa em Cafeicultura Irrigada, que acontece dia 14 de março em Araguari, no Triangulo Mineiro.

O evento tem por objetivos a discussão e a divulgação de técnicas e pesquisas relacionadas à cafeicultura irrigada e será realizado em conjunto com o 23º Encontro Nacional de Irrigação da Cafeicultura no Cerrado – FENICAFÉ 2018 e a 21ª Feira de Irrigação em Café do Brasil.

Como em todos os anos o simpósio conta com a participação de técnicos, produtores, autoridades, fabricantes e revendedores de equipamentos e demais interessados no agronegócio café.

Os artigos deverão ser inseridos na home-page do simpósio (www.fenicafe.com.br) a partir de 20/01 até o dia 18/02/2018. As normas para envio dos trabalhos também estarão disponíveis neste site, além do envio via correio eletrônico para todos os pesquisadores. O Comitê Científico do Simpósio emitirá o primeiro parecer a respeito dos trabalhos até o dia 28/02/2018, devendo as correções finais ser feitas no site até o dia 07/03/2018. Os trabalhos aprovados serão publicados nos Anais do evento, ISSN 2358-9973.

O simpósio tem o apoio da Associação dos Cafeicultores de Araguari – ACA, da Universidade de Uberaba – UNIUBE, do Consórcio de Pesquisa Café – Embrapa Café, da Associação Brasileira de Engenharia Agrícola – SBEA e da Associação Brasileira de Irrigação e  Drenagem – ABID, e será realizado no dia 14/03/2018.

Fenicafé – Para 2018, a Associação dos Cafeicultores de Araguari (ACA), defende o tema: “É tempo de irrigar com consciência”, que irá abordar assuntos de grande importância para a agricultura e cafeicultura mundial, como uso consciente da água, além de palestras sobre fertirrigação, gotejamento, nutrição, pragas, produção e colheita.

 

Novidades – Entre as novidades que estão sendo preparadas, estão as mais novas técnicas em café irrigado e manejo correto da água (fertirrigação), discussão a respeito da formação do café, panorama do cenário climático no Brasil, uso racional de fertilizantes na cafeicultura, entre outros.

As empresas expositoras são do ramo de insumos, defensivos, colhedeiras, adubação, implementos e vários outros, desde o plantio até a colheita.

Como em todas as edições, a feira será instalada nas dependências do Pica Pau Country Clube, em uma área de cerca de 5 mil metros quadrados, separadas em locais para exposição de produtos e serviços e sala de palestras. O evento como um todo gera cerca de mil empregos diretos e indiretos, alavancando assim a economia do município.

 

Mais informações http://www.fenicafé.com.br