Agtech londrinense fica em 3º lugar no Sebrae Like a Farmer

A agtech londrinense Termoplex está entre as três startups vencedoras do Sebrae Like a Farmer – batalha de pitches (apresentações rápidas de negócios) realizada durante o Agrobit Brasil 2018, em novembro, no Parque de Exposições Governador Ney Braga, em Londrina (PR). A agtech Monitorar, da cidade de Alexânia, de Goiás, garantiu a primeira colocação na competição, seguida pela startup Personalbov, de Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

As 32 startups participantes da competição tiveram a oportunidade de apresentar seus projetos para uma banca de especialistas e potenciais investidores. A Monitorar venceu a competição com o desenvolvimento de software e hardware que monitora em sistema on-line as despesas de energia elétrica de propriedades rurais, identificando pagamentos de contas com valores indevidos por falta de gestão e erros de faturamento, visando que o produtor pague apenas o que é devido. 

A agtech Personalbov, segunda colocada, acompanha o rendimento individualizado do gado bovino em regime de confinamento, auxiliando na tomada de decisão e na potencialização de resultados. O rebanho é pesado diariamente por meio de uma estrutura de pesagem acoplada ao bebedouro dentro do lote do confinamento. Sempre que o animal beber água, os dados são automaticamente enviados para a nuvem.

Já a londrinense Termoplex desenvolveu um solução que promove o controle inteligente do armazenamento de grãos, evitando perdas, bem como o alto gasto de energia com aeração. O hardware IoT (Internet das Coisas) criado pela empresa controla a temperatura nos silos, acionando automaticamente ou manualmente a aeração quando ocorrer queda ou alta da temperatura. O equipamento também controla a umidade nos silos.  

Avaliação 

Segundo organizadores, a banca levou em consideração os modelos de negócio, forma de monetização, prospecção de mercado, composição do time, entre outras informações importantes para viabilização do negócio.  

Futuro 

“Para as startups, participar das batalhas é bem positivo porque elas têm a chance de ouvir da banca de avaliação um feedback de seus projetos, além de poder apresentá-los num evento de âmbito internacional”, comenta o gestor Estratégico de Startup e Agritech do Sebrae Londrina, Lucas Ferreira Lima.  

A competição é realizada no Brasil todo com o nome de “Sebrae like a Boss”, mas em Londrina, pela primeira vez, a entidade promoveu a batalha direcionada apenas a startups do agro e por isso teve o nome alterado.  

Fonte: Conexão Agro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s