Tomates híbridos, cebolas híbridas e maracujás

Resultado de imagem para tomate

Agrocinco lançará tomates híbridos, cebolas híbridas e maracujás. O tomate indeterminado longa vida INIA Cimarrón F1 (foto) foi obtido em parceria com o Instituto Nacional de Investigações Agropecuárias do Uruguai, o INIA Cimarrón F1 mostrou grande vigor a campo, folhas resistentes, pencas sequenciais a cada duas folhas, frutos grandes com média de 260 gramas, vermelho brilhantes e com grande diferencial: extremamente saborosos. O híbrido incorpora tolerâncias a Nematóides, Fusarium 3, TY (Geminivirus) e TSWV (Vira Cabeça).

O tomate saladete multitolerante a doenças e viroses BRS Nagai (foto) continua sendo um diferencial na tomaticultura brasileira. Possuindo nove tolerâncias a doenças, viroses e nematoides, contribui para a redução no uso de agrotóxicos e com sua rusticidade e vigor, propicia a redução no uso de fertilizantes. Foi adotado como o híbrido oficial no sistema de condução Tomatec®.

O híbrido BRS Zamir F1 (foto), grape multifloral, consolidou-se no segmento grape por apresentar grande produtividade (até 12 kg por planta), brix elevado (8 a 11º) e, segundo pesquisa da Universidade Estadual de Maringá (UEM), o híbrido com maior concentração de licopeno do mercado (160 microgramas por grama).

A empresa consolidou o mercado das cebolas híbridas com a Irati F1 (foto), considerada hoje a cebola de melhor pele do mercado brasileiro. A produtividade e a possibilidade de estocagem até 150 dias fazem desse híbrido realmente um diferencial na cebolicultura nacional. Serão lançadas na Hortitec 2018 os dois novos híbridos Terena F1 e Tusker F1.
Os maracujás com tolerância a doenças BRS Rubi do Cerrado, BRS Sol do Cerrado e BRS Gigante Amarelo (foto), mostraram ao segmento todo o potencial dos híbridos. O peso médio dos frutos e quantidade de frutos por planta, além do grau brix, são grandes diferenciais oferecidos ao setor.

Anúncios