Batata irrigada é sinônimo de qualidade e produtividade na Fazenda Primavera, em Itapeva, SP

Resultado de imagem para batata irrigada

Frita, cozida, assada e até mesmo industrializada, para produção de fécula e chips, a batata é um dos alimentos mais consumidos do mundo.

No Brasil, a batata é a principal hortaliça e tem uma produção anual de aproximadamente 3,5 milhões de toneladas em uma área de cerca de 130 mil hectares. Com raras exceções, seu cultivo no país é praticamente todo irrigado.

A planta de batata tem raízes que se concentram na camada mais superficial do solo, o que faz com que seja uma cultura muito sensível à deficiência hídrica. Mesmo pequenos períodos de estiagem podem comprometer o sucesso da lavoura.

Vale lembrar que plantas submetidas a condições de baixa disponibilidade de água são mais sensíveis a doenças e pragas, e em contrapartida, o excesso de água também pode ser muito prejudicial, já que reduz a aeração do solo, dissolve nutrientes como o nitrogênio e o potássio, e dificulta a execução de algumas práticas operacionais, como as inspeções fitossanitárias e as pulverizações de defensivos dos campos de produção.

A adoção da irrigação no cultivo de batata, de acordo com a Embrapa, possibilita incrementos de produtividade de até 50%, além da obtenção de tubérculos mais graúdos e com melhor aspecto físico.

O grupo JCF – José Carlos Fernandes, em suas Fazendas Saltinho e Primavera em Itapeva-SP, é um dos grandes produtores de batata que contam com um manejo de irrigação eficiente realizado pela consultoria ICROP GESTÃO DE IRRIGAÇÃO, garantindo, além de maior produtividade e menor risco de perda de produção, um produto final de extrema qualidade. São 5 mil sacos beneficiados diariamente na própria fazenda.

Fonte: Grupo Cultivar

Anúncios