​SENAR vai capacitar o produtor em sistemas de agricultura irrigada

Resultado de imagem para agricultura irrigada

Criada há milhares de anos, a irrigação é um dos principais meios de fornecimento de água para a plantação em quantidade suficiente e no momento adequado para garantir a produtividade. Atualmente, com a escassez de água e a necessidade de controlar o que é consumido, a gestão no uso da irrigação se tornou imprescindível. Por esse motivo, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) desenvolveu o Programa Nacional de Irrigação, voltado para a capacitação de instrutores e produtores rurais.

O programa será realizado em duas etapas, iniciando com atualização e preparação de instrutores, seguida da capacitação do produtor em gestão de sistemas de irrigação, que terá à disposição três cursos: irrigação localizada (micro aspersão e gotejamento), irrigação por aspersão (convencional, pivô central, canhão) e irrigação por superfície (sulco e tabuleiro). As atividades começaram esta semana com o treinamento de 31 instrutores de 17 estados.

“O tema água tem sido debatido em diversas iniciativas, dentro e fora do Sistema CNA/SENAR como o Congresso Nacional de Irrigação em 2015, e a partir desse debate e da demanda do próprio setor produtivo, vimos a necessidade de criar um programa nacional de capacitação em irrigação. Para isso, estamos alinhados a outras estratégias realizadas com parceiros como, por exemplo, a Secretaria Nacional de Irrigação (SENIR) do Ministério da Integração Nacional”, explica o coordenador do programa, Rafael Diego da Costa. Para o produtor, o programa trará novidades, ressalta Costa. “Em matéria de sistemas de irrigação a novidade será a gestão no uso da irrigação como tecnologia que garante a produção mesmo em momentos de escassez de água.”

A capacitação de instrutores desta semana acontece em Brasília e trata da gestão em sistemas de irrigação localizada. Tem carga horária de 32h dividida em aulas teóricas e práticas, com conteúdos que vão desde os desafios da agricultura irrigada à análise de dados e noções básicas em projetos e modelos computacionais de manejo. “A irrigação localizada, que é o tema do curso, tem o objetivo de elevar a eficiência próxima a 100%. Por isso a necessidade ter a gestão da irrigação e não somente a molhação”, ressalta Rafael Costa.

Rafaely Lameira, do SENAR Amazonas, destaca que essa capacitação veio em boa hora. “No estado temos poucos instrutores capacitados em sistemas de irrigação, por isso precisamos desse suporte do SENAR para levar conhecimento aos nossos produtores. Apesar da imensidão de água que o estado possui, falta saber como gerir essa água para utilizá-la da melhor maneira possível.”

O curso está sendo ministrado por técnicos do Instituto de Pesquisa e Inovação na Agricultura Irrigada (Inovagri), sediado em Fortaleza, voltado para o desenvolvimento tecnológico e para a inovação da agricultura irrigada.

Fonte: Grupo Cultivar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s