Aposta na irrigação para diminuir a dependência das condições climáticas

Agricultores de São Paulo estão entre os que mais utilizam irrigação no Brasil 

nc_irrigacao_sustentabilidade2_040916

Foto: Reprodução TV/TEM

Os pivôs, estruturas que garantem uma boa safra mesmo nos períodos de estiagem , estão para todo lado na fazenda de Fábio Stecca Dangieri, em Avaré (SP).

Os pivôs, estruturas que garantem uma boa safra mesmo nos períodos de estiagem , estão para todo lado na fazenda de Fábio Stecca Dangieri, em Avaré (SP).

A plantação de cereais exige água principalmente no período de formação dos grãos e Fábio começou a investir em pivôs em 2012. Foi a partir daí que os resultados nas lavouras de trigo e feijão começaram a mudar. Ele diz que, graças à irrigação, atualmente consegue cinco safras no período de 2 anos.

Em Campos de Holambra, município de Paranapanema, 80% das áreas com grãos são irrigadas. Na fazenda de Simon Johannes Maria Velt, a distribuição de água é controlada em 340 hectares.

Cerca de 750 milhões de litros abastecem doze pivôs. O produtor adota o sistema de barramento. Ele alaga uma área com um desvio de algum riacho e armazena água da chuva.

Para garantir a expansão da agricultura irrigada de forma sustentável, foi criada uma parceria entre a Agência Nacional de Águas e a Embrapa. Assim é feito um monitoramento da agricultura irrigada no País.

No município de Itaí, o engenheiro agrônomo Abel Rodrigues Simões Júnior é responsável pelos cálculos e pelos 8 pivôs da fazenda. O planejamento, feito no escritório, gera uma economia de até 10%.

Ele diz que consegue colocar no sistema apenas o necessário para que não haja excedente e nem déficit hídrico. O agricultor José Aparecido Paixão tem 11 hectares e também queria que não faltasse água na lavoura. Ele fez cursos profissionalizantes e investiu em irrigação por aspersor.

São Paulo é o quarto no ranking da irrigação no Brasil. Só perde para Minas Gerais, Goiás e Bahia. O Estado tem 190 mil hectares irrigados. A maior parte dessa área fica na Bacia do Paranapanema, com 105 mil hectares.

A cada ano, novos produtores também seguem caminhos parecidos. A área irrigada no Brasil saltou de 1,2 milhão de hectares em 2013 pra 1,4 milhão de hectares no ano passado.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s