O benefício das algas marinhas no agronegócio

Alga-Marinha-3-550x412

Por Luiz Pugliesi, Diretor Geral da Oceana Brasil, Administrador, Pós-Graduado pela FGV/SP e USP/SP. 

O uso de algas marinhas em cosméticos e produtos dermatológicos é de amplo conhecimento. Mas os benefícios de sua utilização são ainda maiores e também estão presentes na agricultura. Produtores de todo o País já adotam tecnologias compostas por algas em busca de lavouras mais produtivas e sustentáveis. O gêneroLithothamnium sp. é um tipo de alga que cresce em um ambiente marinho capaz de proporcionar uma combinação física-química-orgânica em sua estrutura vegetal.

Essa combinação natural é absolutamente preservada na composição do fertilizante Algen da Oceana. A empresa adota procedimentos industriais que preservam intactas todas as propriedades físicas, nutricionais, orgânicas e biológicas originais da Lithothamnium. E os benefícios dessas propriedades são gigantes para o agronegócio. O uso do fertilizante proporciona a nutrição vegetal e fertilidade dos solos, já que seus nutrientes são rapidamente solubilizados no solo, liberados e absorvidos pelas plantas.

E o que acontece dentro delas é que as propriedades naturais da alga Lithothamnium, especialmente as ligações entre os aminoácidos e os nutrientes minerais, mais a estrutura altamente porosa e os carbonatos de origem vegetal, dão ao fertilizante alta capacidade de gerar uma condição bioquímica de conforto para as raízes, promovendo maior distribuição e crescimento radicular, ações bioestimulantes nas plantas, condição favorável à vida microbiana e maior eficiência dos adubos NPK, fatores que levam a melhorias na qualidade de produtividade das lavouras.

O produto já está sendo amplamente utilizado em Petrolina (PE). O estado de Pernambuco é reconhecido atualmente como um grande produtor e exportador de frutas e a região tem a necessidade de cálcio de alta qualidade no solo, o que compromete parte da produção frutífera. Esse déficit foi suprido com a tecnologia apresentada pelo fertilizante da Oceana. Em parceria com o consultor Newton Matsumoto, referência em consultoria no cultivo de uva na região, foram obtidas melhoras significativas no cultivo da uva Itália com a aplicação do fertilizante Algen. Foram obtidos aspectos como tempo de prateleira (Shelf Life), aumento de Brix e casca mais grossa, garantindo uma maior firmeza dos frutos.

O benefício proporcionado pelo fertilizante nas questões nutricionais e produtivas das culturas é um efeito da alga Lithothamnium à atividade de microrganismos na rizosfera vegetal. Ainda assim, há dúvidas se o fertilizante irá substituir a calagem e o uso dos calcários agrícolas. No entanto, isso não procede. Calagem e adubação são manejos totalmente distintos. A calagem tem a função de corrigir acidez e reduzir alumínio de uma grande massa de solo, utilizando-se para isso várias toneladas de calcários derivados de rochas.

Os benefícios do fertilizante Algen estão relacionados às tecnologias e funções da fertilização/adubação direcionadas à nutrição da lavoura. O fertilizante também age como condicionador químico e biológico no local onde é aplicado, especificamente, nas regiões radiculares. A composição nutricional é feita por macro e micronutrientes equilibrados pela natureza e com alta disponibilidade para as plantas, como cálcio, magnésio, enxofre, ferro, silício, boro, zinco, molibdênio, cloro, cobalto, cobre e manganês, que permitem às culturas atingirem seu potencial produtivo. Também é considerado uma fonte nobre de cálcio por ser um produto de origem biológica, não possuir antagonismo iônico entre seus nutrientes e por disponibilizá-los de forma sincronizada à demanda nutricional das plantas, podendo ser aplicado em todas as culturas e tipos de solo.

O uso de recurso naturais em prol da nossa agricultura é maior do que sequer podemos imaginar. Cabe ao produtor rural analisar e identificar, caso a caso, como podemos obter melhores resultados a partir das tecnologias disponíveis, articulando bons produtos e tecnologias a um manejo adequado.

Sobre a Oceana

Fundada em 2006, a Oceana Brasil produz tecnologia a base de alga marinha do gênero Lithothamnium para todo o mercado agrícola e de nutrição animal. A alga é nobre, rica em nutrientes minerais e orgânicos altamente solúveis e equilibrados naturalmente pelo meio ambiente com certificação IBD para o mercado orgânico. A empresa realiza desde a extração marinha, processamento, armazenamento e distribuição nacional e internacional de sua linha de produtos e tem feito investimentos constantes no segmento. A jazida da Oceana Brasil está localizada em Tutóia (MA), em uma região de correntes marítimas e incidência solar únicas no País. A companhia investe em programas de monitoramento de vida biológica, qualidade de água, controle ambiental e ações sociais com a comunidade local para desenvolver a região de forma sustentável. Mais informações no website:http://www.oceanabrasil.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s