Com aumento no valor do feijão, Geller garante políticas de incentivo a irrigação

NERI

Na manhã da última sexta-feira (10) o CenárioMT aproveitou a vinda do Secretário de Políticas Agrícolas ligada ao Ministério da Agricultura do Governo Federal, Neri Geller à cidade de Lucas do Rio Verde para um bate papo e contar como está a atual situação do agronegócio no país. E destacou o incentivo a produção de feijão na região Centro Oeste

Bastante animado, o secretário se mostrou otimistas e desde que assumiu a pasta várias ações emergenciais já foram realizadas, dando um “folego” às regiões mais afetadas com os altos preços dos grãos.
“Logo que assumi, uma das determinações do Blairo [Maggi] era que para ajudar a agroindústria na região sul do país fosse liberado 162 mil toneladas do estoque público que estão nos armazéns aqui do Mato Grosso, dando um folego para região. E hoje (10) já foi publicado no Diário Oficial a resolução que libera cerca de 500 mil toneladas de milho dos estoques públicos para serem leiloados às agroindústrias de suínos e aves e a produtores de leite” disse Geller.
Questionado sobre os altos valores dos grãos e o reflexo direto nos preços da carne que é consumida em todo o país, o secretários afirma que o reflexo é em toda uma cadeia e é por isso que o governo trabalha para estabilizar os preços.
“Tem um reflexo no valor da carne, na balança comercial, nos valores de exportações tanto de suínos como de frangos, e tudo isso está interligada a essa cadeia que depende dos grãos, por isso há a necessidade de estabilizar para que não prejudique toda a economia do país” explica ele.
Quanto à participação e incentivo na produção do feijão-caupi, o secretário explicou que hoje o Ministro está investindo nesta cultura que há grande mercado para exportação, mas para o consumo no mercado interno.
“No Brasil se come muito o feijão preto e o carioca, e o feijão-caupi é mais consumido nas regiões do nordeste e em muitos países da Europa, o diferencial desse produto é que ele produz mais e possui um custo menor que as outras variedades, com isso o governo está investindo para que se aumente a produção, o consumo e a exportação. Estamos trabalhando muito com a politicas agrícolas para o feijão, para que haja uma terceira safra no Centro Oeste, com o modelo infra para incentivar a irrigação e garantir preço mínimo pelo PGPM” afirmou Geller.

Fonte: Cenário MT

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s