Irregularidade das chuvas e alta evapotranspiração exige uso dos sistemas de irrigação no noroeste paulista‏

pioneiros_1_dez_2014-1

O Noroeste Paulista enfrenta desde 16 dias sem chuvas em Pereira Barreto, Ilha Solteira e Sud Mennucci, à 30 dias sem chuvas em Paranapuã e 26 dias em Populina e Marinópolis. Neste domingo foi mais um dia muito quente, com a temperatura batendo nos 38,6ºC em Sud Mennucci, a mais alta da região e do ano, como mostram os dados do Canal CLIMA da UNESP Ilha Solteira, proveniente da Rede Agrometeorológica do Noroeste Paulista, operada pela Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira.

A evapotranspiração média no período de 03 a 10 de abril de 2016 variou entre 3,3 mm/dia em Sud Mennucci e 4,8 mm/dia em Pereira Barreto (Estação Santo Adélia), que teve no dia 5 de abril o maior registro da região, ficando em 5,4 mm/dia. A evapotranspiração é o valor da perda da água pela atmosfera que, para máxima produtividade, deve ser reposta pelas chuvas ou pela irrigação.

Evapotranspiração é a perda de água para a atmosfera por evaporação da água do solo e transpiração das folhas e que para máxima produtividade, deve ser reposta por chuva ou irrigação.  A UNESP Ilha Solteira através do Canal CLIMA atualiza a cada hora o valor da evapotranspiração no noroeste paulista. De acordo com o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez, da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira, “com essas informações divulgadas pela UNESP os irrigantes da região podem aplicar água através dos sistemas de irrigação com elevada eficiência no processo de produção de alimentos. O manejo da irrigação, nada mais é que uma conta corrente, onde são calculadas as perdas de água pela evapotranspiração da cultura e as entradas de água pelas chuvas, se o resultado for favorável para a evapotranspiração, a reposição de água deve ser feita pelo sistema de irrigação e de posse deste resultado, se estima o tempo necessário para que o sistema de irrigação fique ligado para recompor o armazenamento de água no solo e garantir a máxima produtividade”.

A Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira desenvolve intensas e diferenciadas atividades de ensino, pesquisa e extensão e pode ser conhecida em seus diferentes canais de comunicação, cada qual com uma linguagem distinta de modo a contribuir com o entendimento e desenvolvimento sócio-econômico baseado na agricultura irrigada.

Fonte: Jornal dia a dia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s